Buscar

SOCIEDAD INVISIBLE

O coletivo Sociedade Invisible foi um grupo de artista que se juntou no ano de 2010 para fazer uma revista, chamada Revista Invisible.

A cada edição a Revista Invisible convidava 50 latino-americanos, por sangue ou espírito, a refletir livremente sobre um tema específico. Ilustração, pintura, fotografia, colagem, escrita e outras disciplinas tinham lugar em seu conteúdo. A Revista Invisível incluiu artigos que refletiam sobre o tema de cada edição e também livros recomendados, blogs, páginas da web, filmes, fotógrafos, designers, entre outros. Ainda nos mesmos termos, foram organizadas festas, galerias itinerantes e eventos artísticos.

REVISTA INVISIBLE, Edição. 1: Voar


Aqui a primeira edição com o tema Voar, impressa em papel jornal com capa de papel plastificada. O lançamento foi no Pechakucha Vol.5, Bogotá, Colômbia, 2009.



REVISTA INVISIBLE, Edição. 2: Invisible


A segunda edição teve como tema: Invisível e foi impressa em papel, tipo cartaz com dobradiças. O conteudo completo foi colocado na web. O lançamento foi uma exposição: Detrás del mapa, no Museu de Arte de Pereira, Colômbia, 2011. Fizemos uma instalação, bordando um mapa do mundo com conteúdos da revista e um espaço de ocupação -intervenção de para construir uma cidade coletiva; todas as pessoas que visitavam a exposição podiam intervir nela, durante o dia da abertura.




FESTA INVISIBLE E FESTIVAL DE PERFORMANCE


A primeira Festa Invisible foi no 2009 e fizemos ela para arrecadar parte do valor para a impressão da Revista. Porque festa? porque era uma ótima possibilidade de ganhar dinheiro e fazer arte. A reflexão de festa como ação politica, foi uma descoberta na experiência. Queríamos fazer festas que tivessem uma conexão com a nossa ideia de juntar pessoas interessadas na arte, artistas, designers, fotógrafos, performers, escritores. Era a mesma ideia da revista, só que numa festa: convidar pessoas para fazer ações durante a noite do evento e nós, o coletivo, produzíamos tudo o restante: convite, curadoria dos artistas convidados, tema, cenografia, web, lugar de encontro e patrocínio de marcas.

Então o dilema: se era um festival de performance além de ser uma festa. Festival? poderia ser um festival mesmo que fosses uma noite só? SIM. Um festival é relativo a uma festa, alegria, música, arte, dança, performance, uma zona autónoma. E foi assim que surgiu a ideia de que cada festa Invisible também seria um Festival de Performance onde convidaríamos artistas do corpo ou que tivessem uma relacão com a performance, para que durante a noite fizessem uma ação.

As intervencoes, tinham que ver com o fato de ser uma festa, não pararíamos para apresentar as ações, elas deveriam de estar inseridas invisível-visivelmente durante a noite inteira. Uma coisa importante era data da festa: a noite de Halloween, 31 de outubro, onde todas as pessoas ganham outra de suas múltiplas identidades. Liberdade do ser!

O tema desta primeira edição da festa foi inspirado na decoração e espaço. Não tínhamos dinheiro para comprar material, porem pegamos revistas velhas que cada um tinha em casa e recortamos os corpos ou rostos de cada personagem ou figura que aparecesse nas páginas. Remitia a ideia da ausência, do ser invisível. Foi assim que começamos refletir no ato de criar cenografias com matérias reciclados nossos e de outras pessoas. O lugar foi uma casa antiga localizada no centro de Bogotá. A casa é ocupada por artistas com um projeto chamado Mapa Teatro: "O Mapa Teatro é mais do que um grupo de teatro. Constitui-se como um laboratório de criação que trabalha com diversas situações e contextos, nos quais a realidade colombiana e suas multiplicidades são as principais referências. Indo além do território dos palcos e das leis do teatro tradicional, as experiências do Mapa Teatro exploram as fronteiras entre a ficção e a realidade, os territórios concretos e as subjetivações a eles articuladas, uma poesia do comum na realidade latino-americana. nestes mesmos termos, festas, galerias itinerantes e eventos artísticos foram organizados".



FESTIVAL INVISIBLE DE PERFORMANCE Y DISFRACES



EL JARDIN DE LAS DELICIAS: FESTIVAL INVISIBLE DE PERFORMANCE


AZULEJOS: Exposicao coletiva


FIESTA INVISIBLE DE DISFRACES Y 3ER FESTIVAL DE PERFORMANCE




PRESENTE INVISIBLE: Galeria Invisible



CARNAVAL BACANAL: Fiesta de pre-carnaval en Bogotá



CARNAVAL DE BARRANQUILLA CON LA PUNTICA NO MA. 2010



CARNAVAL DO RIO DE JANEIRO COM OPAVIVARÁ!





CIUDAD BOSQUE: Fiesta invisible de disfraces








43 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo