Buscar

ATELIÊ DO PASSO

O Ateliê do passo, nasce com ideia de ter um espaço de trabalho para produzir e mostrar as obras criadas e produzidas junto com Mark Dayves. Durante dois anos trabalhamos e recebemos pessoas interessadas na arte. A casa fica no centro histórico de Salvador e pertencia a o artista argentino, Reinaldo Eckenberger, quem morou e trabalhou aí. Nós morávamos na parte de cima da casa, com vista para a Baía de todos os santos e o ateliê ficava no primeiro andar de frente para a Rua do Passo.





Fomos criando diversos encontros entre pessoas amigas, conhecidos do bairro e pessoas que chegavam por acaso. Durante a semana, cada segunda feira a noite, acontecia o Clube de Desenho, que reunia pessoas interessadas nessa técnica. Explorávamos livremente entre conversas, risos e misticismo. Os encontros aconteceram durante dois anos seguidos. Os temas de cada encontro eram decididos entre os participantes, sendo o corpo humano, um interesse especial.



Depois fosse formando o Clube da Seri, iniciativa de Mark, os encontros aconteciam toda terça a feira a noite e o foco era a experimentação e pesquisa na técnica da serigrafia. Montamos um pequeno espaço de revelação e impressão e recebíamos a pessoas que se interessarem nessa prática. As serigrafias produzidas eram vendidas no ateliê.


No mês de março de 2020, em parceria com o Filexpandido (Festival de Ilustração e literatura), fizemos uma oficina de três dias administrada por Maguma, Mark e eu. Criamos, produzimos e imprimimos um livro com participação de 8 pessoas inscritas na oficina. O livro se chama, A utopia está no horizonte, o roteiro foi criado por Marcelo Terça-Nada, inspirado em um trecho do livro de Ailton Krenak: Ideias para adiar o fim do mundo. O livro foi uma criação coletiva onde cada participante passou por cada fase do processo: ilustração, impressão e encadernação . O papel foi doado pela Fredigoni. Foram impressas 30 copias numeradas e estão a venda.








45 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo